7 de novembro de 2021

Meu irmão me fudeu

Por rick086

Olá, vou relatar a minha primeira experiencia sexual com outro homem.
Atualmente tenho 23 anos, e esse fato aconteceu quando eu tinha 19 anos.
Eu tenho um irmão 5 anos mais velho que eu, ele é branco, alto 1,89, uns 80 kg e pratica natação.
e tudo aconteceu quando meu irmão estava organizando uma festa de aniversario para mim, pois eu ia completar 20 anos em breve, meu irmão por ser bastante atraente sempre saia com as meninas, porem nunca tinha nada serio com elas, so curtia mesmo e partia pra outra. Eu e ele somos bem proximos, e ele tem um cuidado enorme por mim, porem nunca tinha demonstrado nenhum interesse sexual por ele.


Chegando proximo a minha festa de aniversario ele veio me perguntar que ia fazer uma surpresa pra mim, dias antes da festa kkkk
Chegou o dia da “surpresa” que meu irmão tinha combinado, era uma “festinha particular” com alguns amigos da faculdade dele e algumas meninas tmb, inclusive algumas que ele tinha ficado. Começamos a beber e percebi que um dos amigos(Pedro) do meu irmão estava me olhando de uma forma diferente, com uma cara de desejo e tal, e eu virava o olhar quando percebia isso.

Terminou a festinha so ficaram eu, meu irmão, o Pedro e mais duas meninas.
meu irmão estava de carro, e o amigo dele também, e ele era que ia levar as meninas p casa, chegou a hora de nos despedir, uma das meninas tacou um beijo no meu irmão e ao ver isso me deu um ciumes enorme, pq eu via ela pegando no pau dele sobre a bermuda, e sai de perto me afastando por traz da placa do bar, e o Pedro viu a minha reação e veio atras de mim, nisso ele fala:

 

– Ta tudo bem? percebi que você nao gostou do beijo que seu irmão levou.
– Relaxa, não foi isso não, conheço meu irmão e ja vi essa cena varias vezes.
– Ta certo então, se diz isso.

Dai eu olho para ele e ele esta sorrindo, fiquei com uma raiva:

– Você esta sorrindo de que?
– De sua cara de ciumes do seu irmão.

Baixei a cabeça, e do nada ele me puxa e me da um beijo na boca, fio sem reação, tremulo, pq nunca tinha beijado outro homem. Do nada meu irmão aparece e se altera em ver aquilo, empurrou o Pedro e olhou com uma cara de raiva pra mim, e me puxou e fomos para casa, não falamos nada durante o percurso de volta.
Pela manhã meu irmão me evitava, não falava comigo, nem nada.
Passaram os dias e chegou o dia da minha festa de aniversario, e resolvi chamar o Pedro, e ele aceitou o convite.
Anoiteceu e começaram a chegar meus amigos, familiares, amigos de meu irmão e o Pedro.
Meu irmão estava quase do meu lado e viu a hora que Pedro chegou e percebi que meu irmão não gostou da presença dele la.
Dai ele veio falar comigo, me cumprimentou, me deu um presente e disse p ele se sentir a vontade, e que estaria la qualquer coisa.
Do nada, meu irmão me chama e pede que eu entre com ele, chega fico assutado, quando entro em casa ta meu irmão vai ate o quarto dele e fala:

– Você acha que eu gostei de ter visto aquela cena? E ainda mais de você ter convidado ele para vir aqui?
– Mas Junior(meu irmão) aquilo foi algo inesperado, so isso.
– Espero que não se repita!
– E se acontecer de novo? se eu disser que eu gostei do beijo?

Do nada ele me segura pelos ombros e diz:

– Você é meu!!!

E ele me beija, e me da um beijo tão gostoso que fiquei com o pau duro imediatamente, percebi que ele ficou também e quando eu fui pegar no pau dele, ele n deixou, dizendo que era p outro momento, e ele sai do quarto e volta p a festa. E eu no quarto sem reação nenhuma.
Volto p festa o pedro vem falar cmg, falando que ia embora ja, que so foi p da uma passada mesmo, e ele me pede p eu levar ele ate o portão, levo ele e ele pediu desculpas pelo beijo e que fez por impulso, nos despedimos e quando eu me viro esta meu irmão me olhando, chega tomei um susto, e passei direto sem falar nada.
Terminando a festa começamos a guardar algumas coisas, ajuntar o lixo, meu irmão estava meio bebado, e minha mãe pediu p levar ele p o quarto e que eu entrasse também pq ela dava conta do resto.
Entrei com meu irmão deixei ele no quarto e fui tomar banho, dai eu percebo a porta abrindo e era ele, dai eu falo:

– Não esta vendo que tem gente?
– Mas eu quero entrar pra tomar banho com você!

Ai ele tranca a porta do banheiro, e vem para o boxer, com a bermuda, pedi p ele tirar, ele diz que n pode senão ele caia kkk
ai fui ajudar ele a tirar a bermuda, pedi p ele segurar na parede pra não escorregar, e percebi o tamanho do pau dele marcando na cueca, quando tiro a cueca ele fala:

– Depois eu tiro.
– E você vai tomar banho de cueca Junior? Tira isso, que eu ja terminei o meu banho e vou sair.
– Você não vai sair, pq eu vou te beijar, você é meu irmão e vai ser so meu e de mais ninguem.

Dai fiquei nem reação, pois jamais ia esperar isso dele. Ele entao segura minha cabeça e começa a me beijar, e comeca a ficar de pau duro tambem, e fui pegando no mau pele, que era muito grande e grosso, tiro a cueca dele e fico pegando no seu pauzão. do nada ele vem pra tras de mim e fala no meu ouvido:

– Vou ser o seu primeiro homem?
– Sim, sim. Nunca transei com outro homem.

ai ele fica de joelhos e abocanha minha bunda, metendo sua lingua em meu cuzinho, eu gemia muito, rebolava na ara dele, a sensação era a melhor do mundo, depois disso ele fica em pe, e pede p eu me ajoelhar e vi a piroca dele completamente dura, branquinha rosada, com umas veias e ele poe o pau na minha boca e eu vou chupando ate me acostumar com isso.
Me levanto e ele pega na minha bunda:

– E esse cuzinho?
– Você num disse que eu era seu?

Ele deu um sorriso tão safado pra mim, me virou voltou a chupar meu cuzinho virgem, dai senti que ele estava colocando os dedos em mim, fiquei um pouco incomodado, pedia pra parar, porém ele falava pra eu relaxar, e obedeci.
ele fica em pé por traz de mim, e sinto ele colocando o pauzão dele dentro de mim, e doia muito, eu gritei de dor, ele tapou minha boca com a mão dele e disse, pra eu ficar calado e relaxar, pq senão ia doer mais, e eu chorava de dor, quando me dei conta o pau ja estava todo dentro de mim, ai ele começa a fazer movimentos, e vai acelerando ate o saco bater por baixo, e ele diz numa voz bem safado:

– Esse cuzinho vai virar um cuzão, porque ele vai ser so meu, vou te fazer de putinha pra mim, vou te ensinar muita coisa ainda, e vc vai realizar todos os meus desejos. E vou gozar dentro de você, pra você saber que esse cu tem dono.

Do nada ele intensifica as socadas e geme bem alto, avisando que ia me encher de leite. senti a porra quente dentro do meu cuzinho, e como se ja não bastasse ele tirou o pau passou a mao no meu cuzinho e ficou colocando os dedos pra tirar o leite que escorria, e comecou a passar na minha bunda no meu corpo pra marcar territorio.
Ele me da um beijo novamente, me da um banho e saimos do banheiro. Fomos nos deitar e não falamos mais nada.
e fui dormir com meu cuzinho todo ardido e dolorido. Porem com uma alegria imensa kkkkk