20 de dezembro de 2020

Essa maldita vontade de ser corno

Por rick086

Depois de muito tempo vivendo minha bissexualidade, me apaixonei por uma mulher e estou casado com ela até hj e começamos um relacionamento monogâmico sem ela fazer ideia do meu passado sexual regado de orgias, saunas, cinemas e programas. Os primeiros anos foram perfeitos, mas depois de um tempo eu comecei a sentir falta do que vive na maior parte da minha vida sexual e um dia contei pra ela sobre tudo que havia acontecido. Ela ficou sem palavras, era muita coisa que ela não imaginava.


Alguns dias depois desse dia, fomos ao motel e iria ficar surpreso com o que viria acontecer. Ao entramos ela me chamou de massagista e disse que tinha conseguido sair do trabalho mais cedo e que estava precisando de uma massagem para relaxar. Nada demais, isso já fazia parte da nossa rotina, aquela massagem pra relaxar após um dia cansativo. Comecei a massagem pelos pés e fui subindo pelas pernas até chegar na costa, foi ai que fui surpreendido quando ela pegou em minha mão e colocou entre sua coxa e pediu para eu apertar com mais força, que do jeito que tava o marido dela faz e ela queria algo diferente. Mudei o tipo da minha pegada e fui mais ativo que do costumava ser, ela estava gostando e sua pele arrepiada. Ao mesmo tempo se fingia culpada perguntado o que ela iria falar pro marido? Nessa hora falei o que ela queria ouvir: nada, ele não precisa saber. O clima esquentou e começamos a nos beijar, a revirei como nunca havia feito enquanto ela comparava o massagista com o marido, incialmente foi

estranho e com o passar do tempo isso serviu de combustível para não parar até atingir a exaustão. Ela perguntou se gostei e minha resposta foi positiva, porém aquele não era eu e que não daria pra ela esperar aquilo sempre de mim, porém o joguinho foi uma delicia.

Chegamos em casa e conversamos, foi a vez dela se abrir pra mim. Ela adora a nossa vida em todos as esferas mas sexualmente ele sentia falta de uma pegada maior e de ser revidada, ela adora as nossas massagem e de como eu faço gozar com o sexo oral, do toque na pele e de todas as sutilezas. Oficialmente nao abrimos o relacionamento, mas nas entrelinhas ficou claro que vamos continuar junto, mas é importante buscar esse 3% que está faltando e infelizmente o outro não consegue suprir. Entendia e isso virou a chave no nosso relacionamento. Ficamos mais felizes e ela começou a sair com roupas mais provocantes no trabalho, até que um dia achei uma camisinha e um ky no seu armário qnd estava arrumando. Sim na nossa casa quem faz os serviços domesticos sou eu e ela começou a ter relações sexuais com seu estagiário. Eu nunca vi, mas o fato de visto msg que eles estão se pegado me faz criar mil histórias, espero que nosso relacionamento continue evoluindo e quem sabe se essa fantasia não se torna real .